sábado, 21 de março de 2020

JORNALISTA WALTER BRITO COBRE O SÁBADO MORTO NA CINELÂNDIA



Por: Cely Freitas

O jornalista e pré-candidato a vereador no Rio, Walter Brito, passou a manhã inteira na Cinelândia, de frente ao Parlamento Municipal do Rio de Janeiro e de frente ao Teatro Municipal, por onde transitam milhares de pessoas todos os dias a vida inteira. Neste sábado 21/3, porém, apenas uma farmácia de frente à Praça da Cinelândia, a Drogaria Venâncio, e mais nenhum estabelecimento comercial foi encontrado aberto. O palco onde se realizou o movimento pelas Diretas Já, com milhares de pessoas em 1983, estava completamente vazio e somente duas pessoas passaram por lá e sob os olhos atentos de policiais militares que faziam patrulha em uma viatura da PM. O jornalista entrevistou os dois transeuntes e elogiou a condução do combate à pandemia do coronavírus no Brasil. Vale lembrar que em apenas 24 horas, o coronavírus matou 800 pessoas na Itália. Walter Brito elogiou o trabalho do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sem dúvidas a grande estrela do trabalho eficiente do governo brasileiro. O repórter parabeniza nesta reportagem o presidente Jair Bolsonaro, que após alguns embates teóricos, assume o seu papel na demonstração da firmeza com a qual tem conduzido os trabalhos em um país de dimensões continentais, pois sua extensão territorial é de 8.514.876 km2. O repórter fez referência também ao trabalho bem conduzido pelos governadores de Brasília e Goiás, respectivamente Ibaneis Rocha e Ronaldo Caiado. O repórter não esqueceu de fazer referência ao brigadeiro Átila Maia, que também tem dado sua contribuição, orientando os brasileiros de todos os cantos sobre a referida pandemia que ameaça o planeta Terra. O brigadeiro Átila Maia é pré-candidato a presidente da República em 2022.


Nenhum comentário:

Postar um comentário