quinta-feira, 3 de maio de 2018

Márcio Cândido poderá ser o vice de Zé Eliton



Por Walter Brito

          A pré-candidatura do governador de Goiás José Eliton começa a reagir em todos os rincões de Goiás e de forma forte no nordeste goiano e Entorno de Brasília, segundo dados já coletados de uma pesquisa do Instituto Phoenix, cujo resultado final será publicado com exclusividade no Diário da Manhã. Com a reação da candidatura tucana, cresce também a disputa para vice do psdbista.
          Estão no páreo os seguintes personagens: o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás Tião Caroço (PSDB), a deputada Lêda Borges (PSDB) e o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango (PTB). Estão também na disputa os nomes dos anapolinos: o ex-prefeito Adhemar Santillo (PSDB), a ex-deputada Onaide Santillo (PSDB) e o atual vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido (PSD).
          Apesar da importância dos possíveis vices da Região Metropolitana de Brasília, cujos pleitos já foram amplamente divulgados pela mídia, vale lembrar que o governador tucano é da cidade de Posse, localizada no nordeste goiano. Além disso, Zé Eliton tem forte relação com o Entorno de Brasília. Nas duas regiões o tucano está em pleno crescimento.



Por outro lado, a cidade de Anápolis tem 265 mil eleitores e sempre decidiu as eleições das quais o governador Marconi Perillo (PSDB) participou. Neste sentido, a Manchester goiana tem tudo para indicar o vice. Apesar da importância da família Santillo no processo político do estado, e Adhemar e a esposa Onaide Santillo se posicionarem como opção para o crescimento da candidatura tucana, o grupo liderado pelo prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), prefere o pastor da Assembleia de Deus e radialista Márcio Cândido da Silva (PSD).
Márcio é homem de convicções firmes e líder nato em dois segmentos importantes: o segmento evangélico e o mundo da comunicação. Vale lembrar que Anápolis se destaca entre as cidades mais evangélicas do Brasil. Como pastor da Assembleia de Deus, certamente ele tem possibilidades de unir a maioria das igrejas de Anápolis e do estado em torno da candidatura de Zé Eliton para o Palácio das Esmeraldas. Como radialista de proa, Márcio é muito bem relacionado com jornalistas, radialistas, apresentadores de televisão e blogueiros da maioria dos 246 municípios de Goiás. Segundo o grupo do prefeito Roberto do Órion, Márcio é discreto e bem ao estilo de Marco Maciel, que foi vice-presidente da República, quando Fernando Henrique Cardoso era o presidente. Além disso, segundo pesquisas, Márcio é considerado o vice mais afinado com o seu prefeito, entre os municípios goianos.
Como se vê, a disputa para ser vice do governador José Eliton faz a pré-candidatura tucana crescer nas pesquisas, como também aumenta as possibilidades de composições. Comenta-se nos bastidores da política goiana uma possível debandada de líderes do MDB para o ninho tucano, em diversos municípios estratégicos do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário