segunda-feira, 30 de março de 2015

Piloto holandês profetizou tragédia do A320

O comandante holandês Jan Cocheret.
A tragédia ocorrida com o A320 da Germanwings foi prenunciada há dois meses pelo holandês Jan Cocheret, comandante da companhia Emirates. O cenário foi descrito por ele em um artigo no qual revelava sua desconfiança em relação às cabines blindadas dos aviões, publicado na revista profissional “Piloot en Vliegtuig”. “Graças às portas blindadas extra-seguras, não há mais dificuldade para um piloto impedir ao seu colega o acesso à cabine. Basta esperar que ele saia para satisfazer suas necessidades naturais”, escreveu. “Eu me pergunto regularmente quem está ao meu lado na cabine. Como estar seguro de poder confiar nele? Talvez algo de terrível tenha acontecido em sua vida, e que ele é incapaz de superar. Espero que depois de uma pausa xixi, não me encontre nunca diante uma porta de cabine trancada. Não há, então, nada a fazer a não ser ir se sentar com os demais passageiros e esperar o que vai acontecer”, acrescentou. Após o acidente, o comandante postou em sua página no Facebook: “Este cenário assustador infelizmente se tornou realidade”. O artigo foi mencionado pelo site holandês AD, e traduzido pelo site belga 7/7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário