segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O ator Milton Gonçalves será do primeiro time de Aécio Neves

Por: Walter Brito
Amigo de longa data do presidenciável do PSDB, o ator Milton Gonçalves sempre foi engajado na política. Fundador do PMDB no Rio de Janeiro, o ator da TV Globo, já foi candidato a governador pelo Rio de Janeiro e também foi convidado pelo saudoso presidente Itamar Franco, para ser ministro da cultura. À época Milton já havia se comprometido com o seu partido para se candidatar ao governo do Rio e declinou do convite feito pelo presidente, com o respaldo do então ministro da justiça Mauricio Corrêa.
No início do governo Dilma, Milton foi garoto propaganda na campanha de vacinação do Ministério da Saúde, sob o comando da presidente Dilma. Claro que o seu trabalho profissional, não tinha nenhuma relação com o alinhamento político. Durante a campanha presidencial, a amizade de longa data com o ex-governador de Minas falou mais alto. Milton está com Aécio e não abre!
A presença de Milton na campanha de Aécio, certamente equilibra o projeto da discussão racial entre governo e oposição. O governo do PT criou a Secretaria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial- SEPPIR; consolidou as cotas para negros nas universidades federais e por último, a presidenta Dilma aprovou as cotas para a comunidade negra, no serviço público. Os afrodescendentes que coordenam a discussão racial a favor de Aécio Neves querem mais, pois a ascensão dos afrodescendentes nos altos cargos públicos ocorrerá naturalmente nos próximos anos, por meio das leis de cotas já em vigor. Nesse sentido, fala-se na participação de representantes dos descendentes da escravidão, que ajudaram efetivamente a construir o Brasil, no primeiro escalão do governo Aécio.
A participação almejada no governo pelo grupo de trabalho que assessora Aécio, já recebeu sugestões da sociedade brasileira e da comunidade negra, de três nomes de peso para ocupar postos estratégicos, com a vitória do neto de Tancredo Neves. São eles: o jornalista e ator Milton Gonçalves, o advogado tributarista baiano Edvaldo Brito e o médico e cirurgião plástico mineiro, Odo Adão. Como se vê, os nomes são de profissionais respeitados em suas áreas que estarão à disposição do país e, certamente orgulharão o povo afrodescendente e os brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário