sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Após Champions histórica, Cristiano Ronaldo vence prêmio de melhor da Europa

Depois de três anos batendo na trave, Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador da Europa pela Uefa. Nesta quinta-feira, em evento em Monaco, na França, o português do Real Madrid foi coroado superando o goleiro Manuel Neuer e o meia-atacante Arjen Robben, ambos do Bayern de Munique. Com o prêmio, Ronaldo consagra uma temporada em que também foi campeão europeu, sendo decisivo na campanha que deu ao Real Madrid seu décimo título da Uefa Champions League. Na competição, ainda quebrou o recorde de gols em uma mesma edição, com 17 tentos em 11 jogos.

Ainda no terreno da Uefa, Ronaldo foi decisivo nos jogos que colocaram Portugal na Copa do Mundo do Brasil, fazendo todos os quatro gols de sua seleção no confronto de repescagem contra a Suécia - no agregado, os ibéricos fizeram 4 a 2 no time liderado por Ibrahimovic (1 a 0 na ida; 3 a 2, na volta). Ronaldo já conhecia o sabor de ser eleito melhor jogador da Europa, mas em 2008, quando a premiação ainda tinha outro formato. No "novo prêmio", o português era o único a figurar sempre entre os três cotados ao título, mas ficou sem ele em todas as ocasiões - perdeu para Messi, Iniesta e Ribéry.

"Realmente estou muito, muito feliz, é um prêmio coletivo. Tenho de agradecer aos meus companheiros, porque sem o time, os prêmios individuais não vêm. Agradeço a todos do time, aqueles que me apoiam. Vou colocá-lo direto no meu museu", disse o jogador, emocionado, e que vibrou ao ter seu nome anunciado. Para os jogadores do Bayern de Munique, a derrota para Ronaldo tem sabores diferentes. Neuer, que seria coroado pela primeira vez, sabe das dificuldades para um goleiro receber um prêmio desses; já Robben tem que se contentar mais uma vez com o quase, mesmo após uma grande temporada.

A lista dos três finalistas foi definida depois de duas avaliações de um grupo de jurados. O ‘campeão' foi eleito por meio do voto popular, em votação durante a cerimônia do sorteio que definiu os oito grupos da temporada 2014/15 da Uefa Champions League - veja como ficaram as chaves aqui. Pelo caminho, em relação a primeira lista de jogadores para concorrer ao prêmio, ficaram Lionel Messi (Barcelona), Diego Costa (ex-Atlético de Madri), James Rodríguez (ex-Monaco), Di María (ex-Real Madrid), Lahm e Thomas Muller (ambos do Bayern de Munique) e Luis Suárez (ex-Liverpool).

Fonte: ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário