sexta-feira, 4 de julho de 2014

Joaquim Barbosa cassa liminar do STJ que suspendia julgamento de José Roberto Arruda

O ex-governador do Distrito Federal seria julgado em segunda instância no TJ-DF no dia 25 de junho. À época, a defesa de Arruda conseguiu liminar no STJ que suspendeu o julgamento, com a alegação de que o juiz teria agido de forma parcial na decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário