terça-feira, 17 de novembro de 2020

SIM, SOU O JORNALISTA WALTER BRITO E TENHO PAIXÃO PELA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

O engenheiro civil Ronaldo Evaristo Cabral, O irmão e ator Romeu Evaristo Cabral, primeiro Saci da Globo; jornalista Walter Brito e a advogada  Eluisa Souza


Trânsito experimental pela política local agora também faz parte de minha história com a Cidade Maravilhosa

          Morei no Leme dos 20 aos 26 anos, período em que fiquei noivo na Fiorentina e lá estiveram, entre outros, a protagonista da história do livro VIDAS NEGRAS IMPORTAM, que lancei em alto estilo para as lideranças negras do Rio e do Brasil, mas com a ausência da pequena notável da política carioca. Sobre essa perceptível ausência, sem medo de errar afirmo: sua maior falha na caminhada pela prefeitura carioca no primeiro turno.

O Rei Pelé e Walter Brito


          40 anos depois que deixei o Rio, fui para Brasília e outros cantos, tais como Coimbra em Portugal, Salon de Provence na França, Madrid na Espanha, Goiânia, Cristalina, Anápolis e minha Formosa. Eis que o cidadão do mundo, professor de matemática, jornalista e bacharel em Direito retorna por meio de uma profecia de sua própria mãe, de que após o seu passamento o primogênito voltaria a morar no Rio e de forma especial. 

 A saudosa Prêmio Nobel da Paz, Wangari Muta Mattai e Walter Brito


Esta forma especial referida a este amigo de Pelé, Wangari Muta Mattai, Otelo, Obama e Nelson Mandela representa o passeio político que realizei com muito empenho, caminhando com o presidente nacional do PDT Carlos Lupi e a pequena notável Martha Rocha, ao som do inimitável DJ Xoquito, integrante   da comunidade negra carioca. 

Walter Brito e Zezé Mota


Jornalista Walter Brito no centro e lideranças da comunidade negra carioca e nacional


          Andamos com alegria da Avenida Atlântica ao Terreirão do Recreio dos Bandeirantes, passamos com galhardia por Rocinha, Cidade de Deus, Tijuca, São Cristovam, Jacarepaguá, Largo da Carioca, Largo do Machado, Freguesia, Taquara, Engenho Novo, Penha, Bangu, Rua do Lavradio, Cinelândia, Aterro do Flamengo, Saara, entre tantos bairros e ruas da sofrida Rio de Janeiro. Mas esta cidade não se curva e não perde a classe nem no auge da Pandemia da Covid 19, com os desvios de recursos públicos das Olimpíadas, da própria Covid, via Secretaria da Saúde Pública, aliados a nomes de malfeitores que sucumbiram, como Sérgio Cabral, Pezão, Garotinho, Wilson Witzel; ainda assim, de pé, somos de fato e de direito a Cidade Maravilhosa.

Neguinho da Beija Flor e Walter Brito


          Alguns ainda não entenderam que a frase VIDAS NEGRAS IMPORTAM quer dizer muita coisa: ousadia, mais união entre negros, brancos, vermelhos e amarelos. Não entenderam por que o maior campeão de Fórmula 1 do Planeta, o inglês Lewis Hamilton, se dobra e cruza os braços a cada vitória falando em alto e bom som: VIDAS NEGRAS IMPORTAM. 

Gilberto Gil entre Jorge Coutinho e  Walter Brito


Não entenderam que o homem invencível e mais poderoso do mundo, Donald Trump, foi flagrantemente derrotado pelo maior símbolo humano de VIDAS NEGRAS IMPORTAM, uma bela senhora negra de 56 anos chamada KAMALA HARRIS. 

O poeta Éle Semog e o Jornalista Walter Brito


Os simbólicos votos deste jornalista, oriundos dos 19 líderes negros revolucionários, de 19 bairros cariocas, que certamente estarão juntos comigo, ecoarão forte no segundo turno das eleições do Rio. Não será o grito das milícias, não será o grito rouco das ruas, leia-se FHC e sua turma; não será a melhor composição de partidos; não será um acordo de emissoras de TV e Rádios, da direita, da esquerda ou do centro; mas o grito de VIDAS NEGRAS IMPORTAM.

           Senhor jornalista de proa, Fernando Gabeira, e outros que pensam bem e sabem o que estou dizendo: quem apontar a melhor direção no segundo turno disputado entre Paes e Crivella, certamente vencerá o pleito e mostrará a capacidade do Rio de Janeiro em ter orgulho de ser a cidade mais bela do mundo com direito a um povo menos sofrido, o povo mais acolhedor e mais alegre do Planeta Terra. 

Jornalista Walter Brito e o ator Milton Gonçalves


          Contudo, a nova ordem é: VIDAS NEGRAS IMPORTAM! Fica a dica. Essa pauta é importante, é urgente e é imprescindível, para quem inteligentemente quiser apostar que a negritude carioca pode fazer toda a diferença sobre quem ocupará a cadeira de prefeito da Cidade Maravilhosa!






sábado, 14 de novembro de 2020

DELEGADA MARTHA ROCHA NO SEGUNDO TURNO, E O JORNALISTA WALTER BRITO PODERÁ SER UM DOS MAIS VOTADOS PARA A CÂMARA DE VEREADORES!

 

 Delegada Martha Rocha 12 Jornalista Walter Brito 12133

Por: Juvenil Coelho - Cientista Político

          Os cariocas de todos os rincões querem uma mulher no segundo turno para enfrentar o candidato do DEM, o Eduardo Paes. A rejeição altíssima do Crivella do Republicanos certamente o impede de ir para o segundo turno, qualquer analista de pesquisas sabe disso! 


Jornalista Walter Brito e o Rei Pelé

Jornalista Walter Brito lança livro no Othon Palace
        


 Com o primeiro Saci da Globo e o irmão Ronaldo Cabral

          A Delegada Martha Rocha do PDT, desde o início da campanha, tem contado com o apoio fiel do jornalista Walter Brito, que está com ela em todas as caminhadas e fez questão de ter todo o seu material impresso e on-line junto com ela. 

Jornalista Walter Brito e o amigo Neguinho da Beija-flor


Além disso, o jornalista negro, que lançou no Rio com muito sucesso o livro: VIDAS NEGRAS IMPORTAM, caiu na graça dos cariocas cuja maioria negra sempre elegeu negros, principalmente aqueles com uma bela história. Em todas pesquisas internas para vereador, o jornalista Walter Brito está entre os cinco primeiros colocados no Rio. 

Jornalista Walter Brito e o saudoso amigo Leonel Brizola


          O jornalista e ativista da causa negra tem uma das melhores histórias de vida entre todos os candidatos para a Câmara de Vereadores da Cidade Maravilhosa. Walter homenageou Nelson Mandela junto com o ex-governador do Espírito Santo, o saudoso afrodescendente do PDT Albuíno Azeredo, ocasião em que Walter Brito dirigia a Fundação Cultural Palmares e representava a Presidência da República. 

Jornalista Walter Brito na posse de Joaquim Barbosa



 Foi o jornalista Walter Brito também que conduziu a despedida de Grande Otelo, quando fez em Uberlândia o cerimonial com honras de chefe de Estado e falou em nome do presidente Itamar Franco. 


Jornalista Walter Brito e a Amiga Zezé Mota


          Martha Rocha já declarou publicamente que precisa do Jornalista Walter Brito na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, cujo número é 12 133. Martha Rocha, 12, para nossa digna prefeita.

 Jornalista Walter Brito na defesa dos menos favorecidos

terça-feira, 10 de novembro de 2020

O JORNALISTA WALTER BRITO LANÇA O LIVRO VIDAS NEGRAS IMPORTAM NO RESTAURANTE AMARELINHO E NO FIORENTINA NO RIO DE JANEIRO!

Mesa de lançamento do livro VIDAS NEGRAS IMPORTAM no Othon Palace dia 6/11


Por: Eunicinha Gattai
       
   Em plena Pandemia da Covid 19, o aguerrido jornalista e ativista da causa negra Walter Brito não para. Bem avaliado nas pesquisas para vereador do Rio pelo PDT de Leonel Brizola, o jornalista, que ajuda a levar a Delegada Martha Rocha para o segundo turno, Walter lançou na sexta-feira dia 6/11 no Othon Palace Hotel a segunda edição do livro "VIDAS NEGRAS IMPORTAM: MEMÓRIAS DE UMA FAMÍLIA NEGRA BRASILEIRA", pela famosa editora carioca Letra Capital, o que foi um sucesso de público e de vendas. Atendendo a pedidos do mundo cultural carioca, o jornalista separa com maestria a campanha política de seu trabalho intelectual conhecido nacional e internacionalmente a favor da causa negra, que é causa nobre, e por meio dos ditames da Nova Ordem Mundial como VIDAS NEGRAS IMPORTAM, obviamente ajuda a unir os povos de todas as etnias, mostrando de forma clara que o amor e entendimento entre os povos é o melhor sentido de nossa existência.
Jornalista Walter Brito e o João Batista, proprietário da Editora Letra Capital


Jornalista Walter Brito autográfa o livro do publicitário Cacá Soares

           
Como humanista, o goiano-carioca levou sua vida unindo pessoas e ajudando efetivamente aos mais necessitados.  A causa negra é um compromisso que ele carrega, desde tenra infância, ao perceber que negro como ele tinha menor oportunidade que o branco em todos os setores. Por isso, sua luta pela igualdade de oportunidades para todas as etnias.
          Homem experimentado pela vida, o jornalista Walter Brito viajou com Nelson Mandela pelo Brasil,  representando o presidente da República, quando o líder Sul Africano veio ao Brasil pela primeira vez ao sair do cárcere, onde passou 27 anos. Quando o ator Grande Otelo faleceu em Paris, Walter Brito no exercício da presidência da Fundação Cultural Palmares foi convocado pelo então presidente da República Itamar Franco para fazer a despedida do protagonista de Macunaíma, com honras de chefe de Estado. 

Jornalista Walter Brito com Izalina Vitória Villela, Eunice Lourenço e Eluiza de Souza


          O jornalista conta tudo isso na sua obra, como também o exemplo de sua família, que venceu os obstáculos da vida por meio da educação de qualidade para todos. Walter Brito entende também que na epidemia da Covid 19 o mundo se dividiu efetivamente em dois momentos: antes e depois da morte por asfixia do negro norte-americano George Floyd, assassinado covardemente por policiais brancos. 

Jornalista Walter Brito e o ativista e advogado Felipe Nazir

          O lançamento de VIDAS NEGRAS IMPORTAM no Restaurante Amarelinho, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, será às 18 horas do dia 11 de novembro. No Fiorentina, no Leme (Avenida Atlântica), o evento será no dia 13 de novembro às 18 horas.  Esperamos cariocas de todos os rincões nos dois eventos. O jornalista Walter Brito é candidato a vereador pelo PDT com o número 12133. Sua candidata a prefeita é a Delegada Martha Rocha, número 12!

APOIO DE ADOLFO LOPES A FAVOR DE MOSSORÓ AJUDA A DECIDIR ELEIÇÃO EM VALPARAÍSO

Palmelina  e Adofo Lopes querem Mossoró no poder novamente


Por: Eunicinha Gattai

          O economista,  advogado, pedagogo  e administrador de empresas Adolfo Lopes, ao lado do governador Ronaldo Caiado selam aliança forte para levar Pábio Mossoró novamente ao pódio.  Adolfo, que já foi vice  de Lêda  Borges, agora apoia Pábio Mossoró,  em homenagem à amizade existente entre Adolfo Lopes e o seu Mossoró,  pai do Pábio,  que foi proprietário de bar e restaurante muito badalado nos anos 80 em Valparaíso,  frequentado por Adolfo, onde o grande artista dos sábados era o nosso saudoso Pato Preto.

          Adolfo Lopes é filho de uma pianista e de um militar que veio de Minas com Juscelino Kubitschek de Oliveira para a construção de Brasília e a consolidação de Brasília como capital federal. Por isso, Adolfo tem a política no sangue, herdada do grande diamantino JK, mentor de seu saudoso pai. Auditor do GDF, aposentado, Lopes foi secretário dos ex-governadores de Brasília José Aparecido e Joaquim Roriz.  Na divisão do Estado do Mato Grosso, Adolfo Lopes prestou relevantes trabalhos, quando exerceu função administrativa importante no Estado de Mato Grosso do Sul, onde deixou sua marca de competência, honestidade e ética administrativa. Adolfo foi um dos primeiros brasilienses a se mudar para o Entorno do DF e ajudar a consolidar a Região Metropolitana de Brasília, que aos poucos vai surgindo pelas mãos de homens destemidos como o professor Adolfo Lopes, que foi vice-prefeito em Valparaíso. 

Pábio Mossoró  recebe o apoio  de Adolfo e Caiado


Entrevistado pela reportagem de Cristal Pesquisas sobre o apoio ao Pábio Mossoró,  que está  filiado ao MDB e luta  pela reeleição,  Adolfo argumentou: "Não  se mexe naquilo que está dando certo, principalmente na administração pública. Conheci o Pábio Mossoró menino, e seu pai, o famoso Mossoró, foi meu cabo eleitoral.  Portanto, conheço suas raízes, competência e o desejo de fazer mais por Valparaíso que tanto amamos. Eu e minha esposa Palmelina nos juntamos ao amigo e governador Ronaldo Caiado na certeza de garantirmos a vitória de um homem que fez um belo trabalho em nossa cidade e que conta com o apoio total do governador Caiado, de parte significativa de nosso eleitorado, o que anima o nosso ainda jovem prefeito a continuar. Pábio está do lado certo, pois Caiado é um dos homens mais sérios deste país e ofereceu sua competência como parlamentar  e agora no Executivo para cuidar do povo goiano e do desenvolvimento pleno de Goiás, que estava endividado e no fundo do poço. É com a força do governador Ronaldo Caiado, o nosso total apoio e a capacidade de trabalho do Pábio que certamente ele fará a melhor administração da história de Valparaíso.                

Portanto, no dia 15 de novembro de 2020, na cidade de Valparaíso,  vamos votar no 15", concluiu Adolfo Lopes.

Caiado entre o casal: Palmelina e Adolfo Lopes.  Todos com o Mossoró!


sábado, 7 de novembro de 2020

SUCESSO O LANÇAMENTO NO OTHON PALACE HOTEL DO LIVRO VIDAS NEGRAS IMPORTAM

Jornalista Walter Brito entre os componentes da mesa para o lançamento do livro " VIDAS NEGRAS IMPORTAM "

Por: Eunicinha Gattai

          A família negra carioca, ontem 6/11, teve uma noite especial. Foi lançada a segunda edição do livro: VIDAS NEGRAS IMPORTAM: MEMÓRIAS DE UMA FAMÍLIA NEGRA BRASILEIRA. 

Dr. Ezequiel,  Eunice, jornalista Walter Brito e o Brigadeiro Átila Maia


O autor da verídica narrativa engajada da literatura negra, o jornalista Walter Brito, estava radiante no Salão Nobre do Othon Palace Hotel, em Copacabana, e se emocionou quando foi lhe feita uma surpresa no telão do Hotel pelo famoso publicitário Cacá Soares, que apresentou um magnífico filme sobre a trajetória do jornalista e militante da causa negra. 

O jornalista Walter Brito e o ator Orlando Miranda, proprietário do teatro Princesa Isabel


Além de representantes da afrodescendência de 19 bairros do Rio de Janeiro, o jornalista recebeu com muito esmero e alegria atores de cinema, teatro e televisão como Orlando Miranda,  proprietário  do Teatro Princesa Isabel, e Romeu Evaristo. Este protagonizou o primeiro Saci na TV Globo no programa Sítio do Pica-Pau Amarelo. 

A fala vibrante da doutora Carla Danielli

Compuseram a mesa de lançamento da obra de Walter Brito o advogado Dr. Nelson Roberto Andrade de Mattos, neto do único Marechal negro brasileiro, o Marechal João Baptista de Mattos; a doutora Carla Danielli, advogada da área agrária, de muito prestígio em Brasília; o jornalista,  poeta, escritor e ex-assessor de imprensa do ministro Gilberto Gil no Ministério da Cultura, Luiz Turiba; o poeta maior da afrodescendência nacional, o professor Éle Semog; o ativista da causa negra  e advogado Felipe Nazir; o ator Romeu Evaristo; a restauranter e ativista negra Suzi  Clementino; Martín Pérez, representante da Delegada Martha Rocha  no evento e  o Brigadeiro Átila Maia, especialista em Segurança Pública. O jornalista Walter Brito estava radiante com essa noite no Rio de Janeiro, com sua obra que conta a história de sua família como exemplo de superação por meio da educação de qualidade, além da sua boa relação com personalidades negras como Nelson Mandela, Barack Obama, Lewis Hamilton, o Rei Pelé, e outros. 

Eunice Lourenço, organizadora do evento


No dia 9 de novembro, o lançamento de VIDAS NEGRAS IMPORTAM será no Restaurante Amarelinho, às 18 horas; e no dia 10 de novembro às 18 horas no Restaurante Fiorentina, no bairro do Leme em Copacabana.

           Confirme sua presença no 12 982523854. 

           E porque VIDAS NEGRAS IMPORTAM, o jornalista Walter Brito se sentirá honrado com sua presença como testemunha e partícipe de um momento que soma na história da negritude brasileira e mundial.

Jornalista Walter Brito,  entre o publicitário Cacá Soares e a advogada Eluisa Sousa

Jornalista Walter Brito entre o advogado Dr. Nelson Roberto Andrade de Mattos e a advogada Eluisa Sousa

Jornalista Walter Brito com o seu editor João,  proprietário da editora Letra Capital

a fala da restauranter e ativista negra Suzi Clementino

Doutor Pérez,  representante da Delegada Martha Rocha no evento


quinta-feira, 5 de novembro de 2020

BRIGADEIRO ÁTILA MAIA CHEGA AO RIO DE JANEIRO PARA APOIAR MARTHA ROCHA PREFEITA E O JORNALISTA WALTER BRITO PARA VEREADOR

Brigadeiro Átila Maia apoia Martha Rocha para prefeita 12 e o jornalista Walter Brito para vereador 12133

Por: Eunicinha Gattai

          Dono do voto mais barato do Brasil em 2018 e conhecedor profundo de segurança pública, o Brigadeiro Átila Maia desembarcou na noite de quarta-feira, dia 4 de novembro, no Aeroporto Santos Dumont, quando disse à reportagem que sua missão nos próximos dez dias é apoiar a candidatura de Martha Rocha para a prefeitura do Rio de Janeiro e também a candidatura do Jornalista Walter Brito para vereador.  Trata-se de um dos quadros mais preparados das Forças Armadas. Ele é da ala progressista, bem ao estilo dos militares com que Leonel Moura Brizola conviveu em sua bela trajetória política, quando foi o único brasileiro a governar dois Estados: o Rio Grande do Sul e duas vezes o Rio de Janeiro.

          Átila Maia já serviu o Brasil no exterior, quando passou uma temporada em Washington DC, e foi durante 25 anos o representante das Forças Armadas no Congresso Nacional. Quando o atual prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella foi Ministro da Pesca, o Brigadeiro Átila Maia foi o Secretário Executivo da pasta, ou seja, era o vice-ministro. Na eleição de 2018 no DF, o Brigadeiro progressista obteve cerca de 136 mil votos para o Senado, ocasião em que gastou apenas R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais). Ao chegar ao Santos Dumont, perguntamos ao militar da reserva qual a melhor opção para o governo do Rio de Janeiro e ele respondeu sem titubear:  


          "Eu exerci minhas atividades como militar da Aeronáutica no Rio de Janeiro e conheço bem os problemas desta cidade, principalmente no que diz respeito à segurança pública. No meu entendimento, a melhor opção para governar o Rio no caos em que se encontra é, sem dúvidas e sem medo de errar, a Delegada Martha Rocha.  O Rio de Janeiro precisa neste momento de uma mulher de pulso como a Delegada Martha, que mostrou competência quando dirigiu a Polícia Civil, e está no segundo mandato de deputada estadual sem nenhuma mácula.  Concordo com o Jornalista Walter Brito, quando diz que Martha Rocha é a pequena notável da política carioca e brasileira. Ela entrou para a política para resolver os problemas da cidade do Rio de Janeiro, com a elegância que lhe é peculiar, aliada à sua competência demonstrada em toda a sua trajetória. Claro que Martha Rocha precisará de apoio no Parlamento Municipal do Rio de Janeiro para governar. Neste sentido, no meu entendimento, a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro precisa de uma renovação, principalmente no combate à famosa rachadinha, institucionalizada naquela casa de leis, o que é uma vergonha.  Por isso também, estou apoiando efetivamente o competente Jornalista Walter Brito do PDT, cujo número é o 12133. Digite e confirme este número para vereador que certamente estaremos a mudar pra valer e para melhor a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Para prefeito digite 12, Delegada Martha Rocha, PDT", concluiu o Brigadeiro e dono do voto mais barato em 2018 no Brasil.

Jornalista Walter Brito Unido com Martha Rocha e  vice Anderson Quack

os senadores Reguffe e Álvaro Dias pedem aos cariocas votos para o jornalista Walter Brito


          Ao que tudo indica, o Jornalista Walter Brito ajudará de forma efetiva a levar Martha Rocha para o segundo turno.  O ex-dirigente da Fundação Cultural Palmares, que viajou com Nelson Mandela representando a Presidência da República em 1991, quando o líder africano esteve no Brasil pela primeira vez, o jornalista que também tem formação em Direito, foi o responsável pelo velório e sepultamento do ator Grande Otelo com honras de Chefe de Estado. O velório em 1993 foi realizado no Palácio Gustavo Capanema com a presença do então governador Leonel Brizola, do saudoso arquiteto Oscar Niemeyer e de representantes de toda a classe artística, entre os quais Martinho da Vila, Milton Gonçalves, Virgínia Lane entre outras.  O sepultamento do protagonista de Macunaíma foi em Uberlândia, Minas Gerais, quando o Jornalista Walter Brito fez seu pronunciamento em nome do presidente Itamar Franco. 

          A pequena notável da política carioca e brasileira está bem acompanhada, e isso se evidencia ao receber o apoio do brigadeiro progressista e ficha limpa Átila Maia e ao mesmo tempo ter ao seu lado, o aguerrido militante da causa negra Walter Brito, que conta com apoio da militância negra em 19 bairros da Cidade Maravilhosa. É importante lembrar ainda, que  além de apoio público da própria Martha Rocha e do presidente nacional do PDT Carlos Lupi, ao pedetista e amigo do saudoso Brizola Walter Brito, os mais importantes parlamentares do Congresso Nacional, os senadores Antônio Reguffe e Álvaro Dias,  pediram por meio de vídeos, o apoio  dos cariocas para o jornalista Walter  Brito. E mais, o professor Cristovam Buarque, ex-Ministro da Educação do governo Lula e ex senador por dois mandatos, além do ex-deputado federal por cinco mandatos consecutivos, Pedro Chaves,  que é senador suplente em Goiás, ambos gravaram vídeos e sugeriram aos cariocas,  O nome do jornalista  Walter Brito para o Parlamento Municipal do Rio de Janeiro.  

O professor Cristovam Buarque e o senador suplente de Goiás Pedro Chaves gravaram vídeos pedindo votos para o jornalista Walter Brito

          Que vença a democracia e que São Sebastião do Rio de Janeiro continue na proteção de uma das cidades mais belas do planeta Terra!

O presidente Lupi diz que o PDT apoia efetivamente o jornalista Walter Brito,  inteligência do jornalismo político nacional


terça-feira, 3 de novembro de 2020

O RIO DE JANEIRO ESTÁ PRECISANDO DA ELEGÂNCIA E COMPETÊNCIA DA DELEGADA MARTHA ROCHA!

 

Martha e Quack avançam nos quatro cantos do Rio

Por: Eunicinha Gattai

          Como diria uma velha e saudosa raposa da política nacional,  o ex-senador mineiro Magalhães Pinto: "Política é como nuvem,  você olha e está de um jeito. Olha novamente e ela muda completamente". Passa o tempo e continua sempre atualizada a frase do desconfiado e sábio mineiro Magalhães Pinto, que também foi governador de Minas e dono do Banco Nacional. 

          Vejamos. Eduardo Paes começou a eleição como imbatível, e o Crivella com a máquina administrativa nas mãos, a força da poderosa Igreja Universal e a também poderosa Rede Record, destacava-se como inatingível, ou seja, se não desse um, certamente daria o outro. O Rio de Janeiro sempre foi vanguardista e votou no Gabeira num tempo em que a cidade era mais conservadora para aplaudir um homem usando sunga de crochê! E Gabeira só não virou governador por erros cometidos em sua estratégia política, que não era tão avançada quanto sua roupa de banho.

          O Ibope e os grandes institutos de pesquisas sempre erraram muito. O estrategista Montenegro certa vez disse que nunca mais faria pesquisas em Brasília se Cristovam não vencesse a Roriz. Cristovam perdeu feio. O mesmo ocorreu na disputa pela prefeitura de Manaus, ocasião em que o Ibope apostou todas as fichas na senadora Vanessa Graziotin, e Arthur Virgílio Neto venceu. 

          O Ibope publicou recentemente que Eduardo Paes tem 32% de intenção de votos na pergunta estimulada, enquanto que Martha Rocha e Crivella estão empatados com 14% cada. Mas cresce a olhos nus a campanha da pequena notável da política carioca nas ruas nos últimos dias: Copacabana, Engenho Novo, Rocinha, Mangueira, Cidade de Deus e Aterro do Flamengo. Analista político bem informado e de bom senso, certamente sabe que a elegância e a capacidade de gestão de Martha Rocha farão a diferença. Sua força demonstrada na chefia da Polícia Civil, em seus dois mandatos sem máculas, e o desejo das mulheres do Rio, que representam 55% do eleitorado, de experimentarem nesta eleição a capacidade de uma mulher, mostram claro que o deselegante Crivella e a administração questionável do Paes, deixam muito a desejar. E  mais denúncias hoje!         Colocado em cheque pela deputada Martha sobre possível rombo nos cofres públicos de 320 bilhões, Paes também se enrola, mas ambos deixam a Delegada em posição confortável para andar faceiramente na segunda-feira de Finados pela orla do Flamengo, seguida por quase uma centena de apoiadores. 

Na foto, Délcio Marinho do Sindicato dos Artistas,  Martha Rocha e seu vice Anderson  Quack

Entre eles, encontramos pelo caminho o entusiasmado diretor do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro, o Délcio Marinho  que afirmou: "O Rio tomou nojo da deselegância do Crivella, do passado nebuloso e não esclarecido pelo Paes, que debocha de pobre, inclusive publicamente em uma conversa com ex-presidente Lula. Paes num flagrante de desrespeito e absoluta insensibilidade política, disse na lata para o ex-presidente operário que ter casa em Maricá é coisa de pobre. Acredito  que a elegância de Martha Rocha e sua honestidade e capacidade de gestão farão bem para a Cidade Maravilhosa e  aos cariocas. 

Jornalista Walter Brito com Martha e Anderson Quack



Junto com ela, o candidato a vereador, jornalista Walter Brito está ajudando a fazer a diferença,  pois comanda lideranças da afrodescendência carioca em 19 bairros. O número do Jornalista Walter Brito é 12133. Marta Rocha - PDT- 12 ", concluiu o produtor cultural.

Como se vê, pela lógica da verdade, o próximo instituto que publicar pesquisas eleitorais mostrará o crescimento de Martha Rocha já na cola do Paes, ou à frente do candidato do DEM que poderá despencar. Martha ainda não apareceu de forma efetiva na pesquisa do Ibope e temos razões para dúvidas. Se o crescimento dela continuar no mesmo ritmo que demonstra nas ruas e nas redes sociais até o final de semana, as análises feitas no passado pelo ex-presidente do Banco Nacional, Magalhães Pinto, poderão estar muito atuais. E, também, a rebelião das saias negras ocorrida na semana passada poderá se ampliar, conquistar o resto das mulheres que ainda não estão com a Martha e levar junto uma gama enorme de homens que votaram em homens e querem experimentar a administração de uma mulher, aliada ao afrodescendente Anderson Quack, que se preparou para assumir responsabilidades em um governo que tem como compromisso tirar o Rio de Janeiro do buraco em que ele foi irresponsavelmente atirado. A segurança pública tem que ser completamente restaurada, a cultura reinventada, educação de qualidade voltar a ser destaque, principalmente depois desse momento difícil, de quase oito meses com seus alunos fora da sala de aula. O Rio merece isso, além da volta do emprego e recuperação da economia e do turismo. 

Ao que tudo indica, Martha e Anderson Quack representam a esperança de um povo completamente abalado pelas crises que se sucederam na administração da Cidade Maravilhosa, não bastasse a Pandemia da Covid 19, tão mal administrada pelo prefeito Crivella, enquanto que o estado desabou primeiro nas mãos erradas de Wilson Witzel. Esperemos que ainda haja tempo para a valente e elegante Delegada Martha tirar a Cidade Maravilhosa do caos político em que foi injustamente colocada.